instantâneos fantasma da basílica de sacré coeur de paris, 2O2O

o tríptico instantâneos fantasma da basílica de sacré coeur de paris foi feito a partir de um filme rebobinado incorrectamente e não cortado. o título faz referência ao embaçado, à dupla exposição e ao mármore travertino com o qual a basílica foi construída e que lhe proporciona esta tonalidade branca. o procedimento técnico valoriza o “erro” e se inscreve na linhagem de rauschenberg, que acreditava que o “errado” era o certo.